segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Quinto Andar - Piratão

Lembro nítidamente o dia que estava eu na frente da TV vendo o Yo! e de repente me aparecem uns caras brancos, fazendo um rap totalmente diferente de tudo que eu já tinha ouvido, um rap sem tiro, sem sangue, enfim gostei, porém não vi muito mais coisa, ao menos não até o dia que eu lembrei de procurar na tal da internet e aí sim, poder dizer que é docaralho! bom humor e letras que falam sobre a realidade, sem ser aquela coisa a moda facção central, letras que passam claramente a mensagem, com uma levada bem diferente do que se entende por rap nacional. Rap do bom, sem "nove e HK's" e sem "senhoritas". O nome do disco já diz muito sobre a ideologia do coletivo, desde o começo eles disponibilizaram todos os sons pela internet, incentivando a liberdade musical, o que acabou até virando música, a "melô do piratão", que com um rítimo que até lembra os funks cariocas, retrata a realidade do mercado fonográico num país pobre como o nosso. Bora baixar gurizada!!!

2 comentários:

(Salvador) disse...

muito foda!
o cara não precisa nascer na periferia de SP pra mandar o recado e isso o Quinto Andar faz muito bem e de uma maneira não convencional no rap brasileiro!
recomendo!

Natália disse...

Conheci não faz muito tempo.. e achei tri!