sábado, 8 de novembro de 2008

Weezer - Songs From The Black Hole


Apresentar o Weezer, com certeza, é dispensável. A banda que foi O marco do rock alternativo dos anos 90 mostra na sua discografia 6 discos lançados, mas o que poucos sabem, é que o Weezer produziu um disco que nunca foi lançado. Songs From The Black Hole seria uma ópera-rock contando a estória de Jonas (pseudônimo de Rivers Cuomo) juntamente com Laurel, Maria, Wuan, Dondó e o robô M1. Eles embarcam numa busca por algo ou alguém que eles ainda não sabem o que é. A viagem começa em 10 de Maio de 2126 e a maioria dos atos se passa na Betsy II, a nave comandada por Jonas. SFTBH era só uma maneira que Rivers achou pra mostrar tudo que ele estava sentindo com a mudança radical na sua vida desde o lançamento do primeiro cd do Weezer (Blue Album). Shows, turnê, televisão e tudo mais, fizeram com que ele se sentisse num planeta diferente, o qual ele teria que se habituar.
Infelizmente SFTBH foi negado pela Geffen Records, gravadora que está com o Weezer desde o início. Rivers Cuomo, convencido que não seria o momento de lançar uma ópera-rock, fez então o disco Pinkerton, que foi um fracasso de vendas (in your ass geffen).
Como SFTBH nunca foi lançado, tudo que se tem desse álbum são poucas musicas inteiras e algumas gravações caseiras. Certas musicas nunca chegaram a sair do papel, mas os fãs de Weezer ainda tem esperança que esta obra-prima um dia tenha o seu lugar ao sol.
Enquanto isso não acontece, deleitem-se com tudo que se tem registro dessa viagem interplanetária em busca de sei-lá-o-que!
Por Thiago Salvador

Songs From The Black Hole - 1994/1995

01 - Blast Off
02 - You Wont Get With Me Tonight
03 - Who You Callin' Bitch?
04 - Come To My Pod
05 - This Is Not For Me
06 - Tired Of Sex
07 - Superfriend
08 - Waiting On Yo
09 - Dude, We're Finally Landing
10 - Getchoo
11 - I Just Threw Out The Love Of My Dreams
12 - No Other One
13 - Why Bother
14 - Longtime Sunshine

Um comentário:

Nic Hck disse...

qualquer hora posto o que se tem do disco não lançado do dead fish então!